Telmo de Lima Freitas

De Pé No Estribo

Play

Encilhei o meu baio a preceito, satisfeito num fim de semana.
Um apero trançado a capricho, sobre cincha, pelego e badana

Bem montado sai atalhando aprumando "pra ilha do quai"
Um frasquito de canha na mala, água benta do rio uruguai

Quase dentro da boca noite, o açoite do vento trazia.
Um resmungo de gaita baguala, meia légua distante se ouvia.
Velho quico agregado da ilha, coronilha de marca borana.
Dava baile num rancho de pobre, pra os gaudérios no fim de semana.

De surpresa ninguém lhe pegava, encarnava num porte mediado.
Um festeiro de fundo de campo, um estilo de velho "paysano".

Embretado no povo onde eu vivo dando estribo dos meus afazeres.
Só me resta uma vaza de tempo pra lembrar dos antigos prazeres.