Telavive

Seis Vidas

Play

Desesperado pulei, convencido de nunca mais tentar
Me surpreendendo parei, assistindo o par de asas do meu corpo me salvar
Acreditando não ser, suficiente para as coisas que queria alcançar
Negando o próprio saber, minha capacidade de sempre me superar

E o necessário eu guardei onde ninguém pode tirar

Eu descobri o que me faz sentido
É manter meu pensamento vivo
Das coisas que eu quero conquistar pra mim
Tenho que persistir e ir até o fim

Do abismo em que me joguei, não me dá medo, sei que é cedo, eu tenho tempo até demais
Não sei por que mas voei, eu que não me achava forte hoje sei que sou capaz

E o necessário eu guardei onde ninguém pode tirar

Eu descobri o que me faz sentido
É manter meu pensamento vivo
Das coisas que quero conquistar pra mim
Tenho que persistir e ir até o fim

Agora ser eu mesmo é tudo que eu preciso
Eu mesmo me tornei o meu melhor amigo
Sem a necessidade de agradar ninguém
Eu só faço aquilo que me faz bem