Teixeirinha

Rainha da Fronteira

Play

Cheguei em bagé naquele lindo pago
Tomei mate amargo com a gauchada
Cantei quantro dias verso lindo e novo
Saudei todo povo e sai pela estrada
A linda cidade me impressionou
E uma gauchinha chorando ficou
Me abraçou e disse volte meu amor
E este trovador nunca mais voltou
Eu encilho pingo amanhã de manhã
Vou ver minhas fãs que eu tenho em bagé
Abraçar meus amigos matar a saudade
Da linda cidade se deus quiser
E prá gauchinha que esta na esperança
Eu levo aliança e um anel de brilhante
Não chores morena com calma tu vence
De ti bagiense eu gostei bastante
Rainha da fronteira se chama bagé
Eu rendo com fé esta minha homenagem
Voltarei um dia eu tenho esperança
Na minha lembrança vive tua imagem
Perdão gauchinha se eu te fiz sofrer
Não posso esquecer eu sofro também
Adeus bagé cidade querida
Faço a despedida te querendo bem.