Teixeirinha

Pobre Solteirão

Play

Falado
"esta noite tão calma
Me traz tanta recordação
Esta lua prateada
Banhando de raios a face do chão
Este céu estrelado
Fuscando de luz a amplidão
Provoca lembranças
Dos meus desabores
De tantos amores
Que foi minha ilusão"

Me faz lembrar
Dos tempos lindos que se foram
Todas voaram
Com a poeira da estrada
O que ficou na minha mente
Por vingança
Foi a lembrança da primeira namorada

"falado"
"esta noite estou sozinho
Sem um carinho, é a causa da inspiração.
Tantos amores que passaram na minha vida,
Mais uma noite perdida para o meu coração.
Zombei da sorte para com o amor,
Abandonei sem pudor minha primeira namorada.
Fui namorando outras tantas, quanta ambição,
Hoje sou um pobre solteirão, com a alma despedaçada".

Esta noite me castiga
Fui perverso ao ameu amor
O vento levou a roseira
Esqueceu em mim o perfume da flor
Minha alma vazia nesta noite linda
Cheia de explendor
Remorço em meu peito
Tão cheio de tédio
Não há mais remédio
Prá afastar minha dor

Quem muito quer
Pouco acerta e tudo passa
Ficou sem graça
A noite é só recordação
Não me casei com a primeira namorada
Não sou mais nada
Do que um pobre solteirão.