Teixeirinha

O Pobre João

Play

O pobre joão
--------------------------------------------------------------------------------



O joão era um pobre rapaz
Certo dia uma moça ele viu
Gostou dela, ela gostou também
E na igreja prá sempre se uniu
Com um mês de casado o joão
Resolveu pelo mundo sair
Abraçado na esposa chorando
Disse a ela meu bem vou partir.

Meu amor vou apartir
Pelo mundo em busca de riqueza
Amo tanto minha esposa
Não suporto lhe ver na pobreza
Sem poder atacar
Pobre esposa chorava profundo
Vai meu bem eu te espero
E o joão saiu pelo mundo.

O joão ninguém mais soube dele
Muitos meses no mundo viajou
E na casa de um alemão
Certo dia ele ali se empregou.
Completou vinte anos de casa
O patrão sem as contar acertar
Até os filhos do próprio patrão
Trabalhando ajudou a criar.

Vinte anos hoje faz
Que eu deixei minha linda senhora
Meu patrão faça as contas
E me pague, amanhã vou embora
Vinte anos de vivência
A família chorava e o patrão
Vê se queres um conselho
Ou então eu te pago joão.

O joão toda noite pensou
Se aceitava o conselho ou dinheiro
Resolveu aceitar o conselho
E ouviu seu patrão companheiro.
O patrão deu um lote de gado
E um cavalo encilhado também
O conselho tu penses três vezes
Se tiveres que matar alguém.

Uma bolsa de ouro e prata
Ao joão ele deu de presente
Pela estrada retornava
O joão vinte anos ausente
Ao chegar na casinha
Pela fresta da porta ele olhou
Viu a esposa já grisalha
Viu que um padre em seu rosto beijou.

O joão seu revólver sacou
Deu um soco, a porta foi ao chão
Quando ia apertar o gatilho
Lembrou o conselho do patrão
Enquanto pensava três vezes
A esposa lhe reconheceu
Abraçou ao pescoço do joão
Chamou o padre que nada entendeu.

O joão ao partir
Não sabia que ela esperava
Um filho que prá padre
Este ano o mocinho estudava
A esposa abraçava
O marido contra o coração
Puxou o padre contra os dois
Ente padre é teu filho joão.