Teixeirinha

Madrugada

Play

Vem vindo a madrugada como é lindo
Canta o galo anunciando novo dia
A alua não demora se esconder
A estrela dalva, o cruzeiro as três marias.
O orvalho espalhado na campina
Traz saudade mas já foi minha alegria
Faz lembrar das catitas moreninhas
Das serestas que prá elas eu fazia
Eu cantava em noites lindas
E só cansava quando o sino da capelinha batia
"declamado"
Fala comigo madrugada
Deixa eu molhar os meus sapatos de orvalho
E você estrela dalva, como vai?
Sempre com aquele ar de tristeza
Tão clara, tão bela
Você não mudou, não é?
Eu sei, você não muda nunca
Eu sim, estou mais velho
E você estrela guia, vai bem?
Sempre guiando os homens
Que andam pela noite
E você é a eterna companheira
Dos seresteiros apaixonados
Que vão guiados por ti
A janela de sua amada
Cantar seus versos de amor
E vocês, três marias, vão bem?
Olha, lá na cidade
Tem muito moço que não conhece vocês
E não sabem que vocês são três estrelas
Bonitas que se chamam três marias
E estão sempre juntinhas
E o cruzeiro do sul, como vai?
É, você sempre empresta o nome
A diversas coisas aqui na terra
É verdade esse céu estrelado
Esta lua prateada
Me traz tanta recordação
Da minha querida vilinha
Onde eu nasci.
Madrugada .vem trazer recordações
Da minha linda e querida mocidade
Que eu passei navilinha onde nasci
Vivia lá na maior simplicidade
Madrugada como esta era tão bela
Era alegria era amor felicidade
Logo depois transformou-se a minha vida
E o destino me carregou prá cidade
Papai morreu mamãe morreu tudo acabou
Madrugada hoje só me trás saudade.