Teixeirinha

Decisão de Quem Ama

Play

Gaúcha linda já faz dois anos
Que nós vivemos apaixonados
Eu resolvi tomar uma decisão
Visto que nosso amor ser contrariado
Os teus parentes querem me matar
E pra nós não casar
Eu vou te roubar
Pra viver sossegado

Tu te preparas porque qualquer noite
Eu chego aí pela madrugada
Vou a cavalo no meu pingo zaino
Com dois revolveres e uma faca prateada
Sai pelos fundos sem temer desgraça
Se houver fumaça mostro minha raça
Gauchinha amada

Tu és gaúcha e eu também sou
Por ti eu brigo e faço tempo quente
Sai junto a mim na garupa do zaino
Deixa que venha todos os teus parentes
Deixe o perigo não chores, não fala
Que eu suspendo o pala
E vou cortando a bala
O que vier pela frente

Abro a picada e passamos no meio
Meu lindo zaino conhece o caminho
A galopito eles se vão pra trás
E nos adiante trocando beijinhos
E eles ficam torcendo o nariz
Sem saber o que diz
E nós dois feliz
No nosso ranchinho.