Teixeirinha

Azulão

Play

Fugiu o meu azulão
Que cantava todo dia
Sinto tristeza ao olhar
A gaiolinha vazia
Não ouço mais seu cantar
A saudade me judia
Fugiu o meu azulão
Deixou o meu coração
De novo sem alegria

Azulão, meu azulão
Passarinho cantador
Foi rever o seu amor
Que ficou lá no sertão

Azulão me deu tristeza
Mas acho que tem razão
Não podia continuar
Cantando numa prisão
Sem a tua companheira
Era triste a solidão
Para mim não ficar a esmo
Acho que farei o mesmo
Prá alegrar meu coração

Azulão, meu azulão
Passarinho cantador
Foi rever o seu amor
Que ficou lá no sertão

Azulão quanta saudade
Meu querido passarinho
Amanhã eu também vou
Em busca do meu benzinho
Cantadores como nós
Não pode viver sozinho
Eu preciso de alguém
E tu precisas também
Muito amor, muito carinho

Azulão, meu azulão
Passarinho cantador
Foi rever o seu amor
Que ficou lá no sertão

Para minha mesma casa
Eu vou buscar o meu bem
Azulão se tu quiseres
Traga o teu amor também
Não prá cantar na gaiola
Eu quebrei ela a recém
Cantarás no arvoredo
Todos os dias bem cedo
Vem meu passarinho, vem