Padre Zezinho

Há Um Barco a Minha Espera

Há um barco a minha espera lá no cais
E há um lugar naquele barco para mim
De mim depende o amanhã da minha paz
Se paro agora ou se eu prossigo até o fim
Há um barco a minha espera lá no cais
E não dá mais de adiar a decisão
O verbo é ir pra ser feliz
Porque isso aqui é transição
E se eu não for não sei o que será de mim
Doer eu sei que vai, o verbo ir carrega a dor
O porto que me espera tem faróis, mas tem escólios
Tempestades em qualquer lugar que eu for
Mas se eu não for não terei dado
Uma resposta ao meu Senho

Play