Igor Mago

Kriptonita

Desde criança que eu trago comigo esse amor,
Você é meu conto de fadas que nunca acabou,
Hoje eu sou o super homem, mas você me evita,
Kriptonita... é olhar para você e não poder te ter.

Você, minha branca de neve que nunca acordou,
Você fez a porção de Gummy que me enfeitiçou,
E para perseguir você, me faço homem invisível,
Impossível... não te amar, não te querer,
Quando passo por você...

Brilha, a minha heroína, minha mulher maravilha, minha sedução,
É ela, a minha cinderela, o meu olho de tandera,
minha salvação!

Play