Hangover

Procurando minha mãe

Procurando minha mãe
Na capital do Rio de Janeiro
Com Emanuelle Neykova
Estou muito cansado
Completamente
Muito cansado
Estou procurando a solução
Procurando a salvação
Mas estou cansadão
Nesse rock meio fascista
Nesse metal meio fajuto
Nesse trash monumental
Estou preso na cadeira
Estou preso na cadeira
Estou só de algema
Procurando minha mãe

Estou em minha casa
Tomando chá preto
Sentado em frente
A televisão mórbida
E estática para mim
Olhando fixamente
Procurando mentalmente
Minha mãe
Continuando minha busca
No orelhão
Pois não pagaram a conta não
Nesse rock meio fascista
Nesse metal meio fajuto
Nesse trash monumental
Estou preso na cadeira
Estou amarrado na cadeira
Estou só de algema
Procurando minha mãe

Querendo uma canção
Eu compus um sermão
Minha mãe quem mandou
Eu mandei pro meu amor
quem me ama
Apaixonadamente me ama
Surpreendentemente claramente
Esquivo-me de ameaças de sequestro
Chego em casa e encontro mamãe
Nesse rock meio fascista
Nesse metal meio fajuto
Nesse trash monumental
Estou preso na cadeira
Estou dependente na cadeira
Estou só de algema
Procurando minha mãe

Play