Hangover

Privado da Liberdade

Eu fui preso aos 30 anos
Com uma arma na mão
Menti pra polícia na delegacia
Que era do meu irmão

Cheguei na cadeia
Virei mocinha
Estou atrás das grades
Entrei na linha

Depois de tomar uma enrabada
De um negão montruoso
Eu que já não estou na idade
Mando cartas a ti porque estou privado da liberdade

Eu cozinho, passo, encero e arrumo a cela
Mas ele chega do pátio e me trata como cadela
Estou cansado, não mereço isso, essa situação
Faltam dois anos eu vou me livrar e não volto não

Depois de tomar uma enrabada
De um negão montruoso
Eu que já não estou na idade
Mando cartas a ti porque estou privado da liberdade
Da liberdade, é é é

Play