Hangover

Folclore Neo Modernista

Eram cinco horas
Eu estava no meu curso
Mas estava eu com sono
Parecia um urso
Que não hibernou
E com frio ficou
Um ataque atacou
E ficou
Jogado, castigado
Morto, esmagado
Triste, sonolento
Pelado, só lamento

Música sonífera
Música sonífera
O saci pererê
Tem tatuagem nas pernas
A mula sem cabeça
Pôs um piercing na orelha
O negrinho do pastoreiro
Comprou inseticida
Pra matar as formigas

Formigas Gaúchas
Assassinas tribalistas
Influenciadas pelo demônio
O seu chefe é tão irônico

Ts ts ts
Formigueiro
ts ts ts
Cupinzeiro
ts ts ts

O negrinho era astuto
Pois tinha muito intuito
Seu olhar é sanguinário
Mas seu jeito é ordinário