Hangover

Motoqueiro Metaleiro e o Policial Aventureiro

Coloquei meu óculos escuro
Sentei na minha moto
De repente eu vi
Uma sombra na foto

E mesmo assim
Era sim
Um policial
Que estava afim

Ele me viu
Todo de preto
Chegou na minha moto
E pegou seu isqueiro

E mesmo assim
Era sim
Um policial
Que estava afim

Ele era alto
Mais ou menos trinta e dois
Ele se maquiava
Com pó de arroz

E mesmo assim
Era sim
Um policial
Que estava afim

Policial era viado
Queria se aventurar
Eu sei que mandei ele
Ir viajar

Ele veio com sua arma
Já deu uma jingada
Foi logo perdendo a karma
E eu dei uma punhalada

Matei o miserável
Não era amigável
Agora estou aqui
Preso em Itajaí...

E mesmo assim
Era sim
Um policial
Que estava afim