Fundo de Quintal

Moro Numa Casa Véia

Moro lá numa casa véia
Numa casa véia, numa casa véia
Moro eu e a nêga véia
Numa casa véia, numa casa véia
No morro da simplicade
E bem mais do que na cidade
Não mudo porque no outro mundo
Sei que vou sentir saudade
Meu filho crescido já ganhou o mundo
O outro já tá lá no fundo
No fundo da casa, esperando o feijão rosado
Que a nêga faz no fogão
No fogão de lenha, no fogão de lenha
É na lenha que dá o bom paladar

Moro lá numa casa véia...

De cima eu vejo a cidade
mas nem tudo é verdade
É tanta ambição, tanta desunião, tudo falsidade
Meu samba assim é o nosso prato do dia
Com gosto de muita alegria
Que faz todo mundo sambar
Com feijão rosado que a nêga faz no fogão
No fogão de lenha, no fogão de lenha
É na lenha que dá o bom paladar

Moro lá numa casa véia...

Play