Fundo de Quintal

Minha Musa

Ela me traz o café na cama
Me ama como ninguém
Me chama meu prêto meu nego meu dengo meu bem
Me aclama reclama, declama, reclama
Vive sempre a reclamar de ingratidão me acusa
Faz tudo direito mas não leva jeito de ser minha musa

Prepara a muqueca na hora do almoço
Se faz de dendeca até pra falar
Dá sempre uma intera se estou caído
Dá sempre um gemido ao me ver passar
Ela diz que já faz parte do meu show
E vive cantando a canção do Cazuza
Faz direito mas não leva jeito pra ser minha musa

Me alisa sorrindo que nem monalisa
Na transa me trança que nem Rapunzel
É tão Julieta que não vê mutrêta
Não vê erro meu e me põe lá no céu
Que coisa mais linda mais cheia de graça
É ela que passa a calça e a blusa
Faz tudo direito mas não leva jeito pra ser minha musa

Play