Fundo de Quintal

Abatucada do nossos tantãs / Levada desse tantã

Samba, a gente não perde o prazer de cantar
E fazem de tudo pra silenciar
A batucada dos nossos tantãs

No seu ecoar, o samba se refez
Seu canto se faz reluzir
Podemos sorrir outra vez

Samba, eterno delírio do compositor
Que nasce da alma, sem pele, sem cor
Com simplicidade, não sendo vulgar
Fazendo da nossa alegria,seu habitat natural
O samba floresce do fundo do nosso quintal

Este samba é pra você
Que vive a falar, a criticar
Querendo esnobar, querendo acabar
Com a nossa cultura popular

É bonito de se ver
O samba correr, pro lado de lá
Fronteira não há, pra nos impedir
Você não samba mas tem que aplaudir

Parei na levada deste tantã
Só vim conhecer e fiquei assim
E agora que ja despontou manhã
Gostei só saio depois do fim

E a sorte provando que é minha fã
Num broto bonito sorriu pra mim
Pra vencer a minha tristeza
O samba é o melhor divã
Me faz esquecer tudo que é ruim
No samba só tem alegria
No samba só tem bam bam bam
Perguntam se volto, e digo que sim

Com cavaco e viola
(o samba vai continuar)
Com cuica e pandeiro
( samba vai continur)

Faz um partido ou um samba dolente
Pra aquele brotinho chorar
E agalera na palma da mão faz o samba firmar
Com cavaco e viola pra ver como é
( o samba vai continuar)

Com cuica e pandeiro
(o samba vai continuar)

Nesse samba gatinha gostosa
Vem toda cheirosasó pra namorar
Nesse samba o galã que é esperto
só da tiro certo pra não se queimar

Tem malandro montado na grana
Pobre sem nenhum vitem pra gastar
E a galela com muita alegria
De noite ou de dia chega pra cantar

Com cavaco e viola .....

Meu São Paulo, Rio de Janeiro
Espírito Santo até o Paraná
E a galera na palma da mão
faz o samba firmar
Curitiba, Florianópolis, Brasília
Recife e o o meu Ceará

E a galera na palma da mão
faz o samba firmar

E a galera na palma da mão
faz o samba firmar

Play