Fundo de Quintal

Sou Flamengo, Cacique e Mangueira

Deixa falar quem quiser
Moro na linha do trem
Sou flamengo também
Trago samba no pé
Sou eu que enfeito a avenida
Carrego a massa e fico prosa
Durante o dia de vermelho, preto e branco
De noite de verde e rosa
Isso é que é viver
É o meu prazer
É ver o mengo campeão
O cacique e a mangueira na avenida
E chamando a multidão mais uma vez
Uma vez flamengo, sempre flamengo
Flamengo sempre eu ei de ser
Sou cacique, sou mangueira
E flamengo até morrer

Play