Flavinho e Duda

Desce e Sobe

Play

Desce que desce e sobe, desce que desce e sobe,
Desce que desce, desce que desce,
Desce que desce e sobe.

Tu rebola no talento, me deixando todo ardente,
O calor é de mil grau, a sensação é diferente.
No desce e sobe sem parar, tu não para de me olhar,
Vai ficar toda molhada se deixar eu te tocar.
Vou lamber teu pescoçinho e dar milhões de beijinhos,
Te deixar bem derretida pra fazer bem gostosinho.

Flavinho e Duda domina teu corpo e não deixa tu escapar,
Te leva pra cama e apaga seu fogo,
Pressão sem cansaço até te ver suar.
Ela mexe muito bem não, para de rebolar,
Me deixando excitadinho, maluquinho pra te amar.