Fernando Ribeiro

Coro dos Perdidos

Se quiser pode pensar
que é tudo brincadeira
e na verdade não existe
qualquer coisa como a treva,
a dor e o desencanto
no coração de nosso tempo.
Noite há que a lua é grande
e vezes tem que ela não vem,
e é esse nosso caso.
um sussuro, um grito, uma promessa
e um coro de perdidos
no coração de nosso tempo.
Ainda que arrebente
a conta de meus dias, espero ver de novo
o brilho forte das coisas perseguidas,
seja mesmo minha consciência
o estopim desta fogueira.

Play