Faber Morais

Trazendo Vanera

Vai pra rua, sai na chuva levanta o som da caranga
Arrasta o sofá e dança onde achar melhor
No trabalho no intervalo sai da cadeira e balança
Traz o chefe pra dança se joga sem dó
Vanera é dessas coisas loca que comanda madrugada
Dança o bebo na calçada dança a tia da cozinha
Dança veio La da fila o tiozinho da gaiota
Dança o vendedor da coca e a vizinha
Dança radialista, galera dança na pista, a dança serve pra conquista mulher gosta de dançar
A moçada da TV roda lá no CTG aí é bonito de se vê
A gente pode ir pra lá que é bailão e aí e bom
E me balança o coração mil motivos pra dançar

Tamo batendo na porta
E trazendo uma vanera
Que balança demais
Então me deixa entrar
Que é ?proce? vê o balanço
Que é pra senti o balanço
E saber por que a gente gosta tanto de dançar
Eu gosto é de dançar vanera, vamo dançá!

É o som da academia da dança de salão é som da malhação
Da galera que dança que dança e a gente não cansa
Porque esse balanço é bom
E vira e mexe passa alguém escutando uma vanera
No carro da propaganda
Na porta da loja no rodeio na festa de peão e a recém no mundo inteiro
É ta tocando por aí esse gingado da sanfona chacoalhada
Desse povo fandangueiro
E quem diz que não gosta
Bora lá fazer uma aposta
Eu mando vê no balanço e você diz qual é que é
Eu sei que ta fingindo dizendo não ta querendo
Pensa que ninguém ta vendo
Você ta batendo o pé
Vai e se solta
Que esse molho te leva
E esse som te carrega pra onde você quiser

Tamo batendo na porta
E trazendo uma vanera
Que balança demais
Então me deixa entrar
Que é ?proce? vê o balanço
Que é pra senti o balanço
E saber por que a gente gosta tanto de dançar
Eu gosto é de dançar vanera, vamo dançá!

Play