Daniel

Inexplicável

De novo esse papo de separação
De novo essa angústia invade o coração
E eu sofro, calado

Tento não perder você de uma vez
Paro e penso em tudo que a gente fez
E eu sofro, calado

Você parece às vezes tão segura
Quando fala, quando jura que vai me deixar
Pra sempre

O sonho acaba então por um momento
E eu morro aqui por dentro
E é aí que me falta coração
E continuo preso em sua mãos

É meu castigo
O que faz comigo
Eu não entendo
Porque dependo tanto desse amor

E que amor é esse
De forte é tão frágil
Certo e errado
Inocente e culpado
Inexplicável

...

Play