Cláudia Telles

Ana Luiza

Supõe, Ana Luiza
Se a guarda cochila
Eu posso penetrar no castelo
E galgar a muralha de onde se divisa
O vale, os prados, os matos
Os montes, as flores, as fontes
Luiza

Ana Luiza
Eu fiz esta canção para você
Que pergunta, insiste em saber
Onde anda Luiza, Luiza
Luiza, Luiza

Porque me negas tanto assim a primavera
Se sabes que a última quimera
Existe no mundo de Ana Luiza
Primavera, Ana Luiza, Teus olhos
Em que lago, em que serra, em que mar se oculta?

Escuta, Luiza
Na brisa uma canção fala em você
E pergunta, insiste em saber
Onde anda Luiza, Luiza
Luiza, Luiza, Luiza

Luiza, eu te amo tanto
Quem há de resistir a todo o encanto
Que existe e assiste, em Ana Luiza

Play