Cláudia Simone

Blues da Manhã Seguinte

Play

Baby
dei de cara com o passado
e vomitei uma nova ordem
a lua estava pálida
como meus lábios secos

Baby
ontem sonhei um sol dourado
caprichei no óculos escuro
o céu estava lívido
com meus delírios trêmulos

então te peço baby
me cante o blues na manhã
depois do juízo final
clarear definitivamente o horizonte

Baby
dei de cara com o passado
e vomitei uma nova ordem
a lua estava pálida
como meus lábios secos

Baby
tentei domar a vida
e dei de cara com o acaso
as horas cinzas me disseram:
'não se bebe o mundo... em prato raso!'



Baby
me cante o blues na manhã
depois do juízo final
clarear definitivamente o horizonte