Claudemir Lima

Aos Que Amam

Play

Caminhando pensando
Na vida
Nas coisas que eu amo
Nas benéficas que todos os bons pensam,
Querem.
Os que amam

Muitos pensamentos me vêm.
Muitos pensamentos nos veem
Mesmo numa estrada esquecida
Muitos por esta a seguem
E caminhando nesta
Estou a seguir
Como são magníficas
A essas flores vivas e odoríferas
Como são bonitas as pessoas
Gentis; amigas.

Que lembrança gostosa me veio
Em mente a da mulher que eu amo
A quem eu amo...
A que às vezes me beija endoidecido
A que me almeja "sem vergonha".

Muitos pensamentos também nos veem
Mesmo numa estrada longínqua
A que parece não ter fim
Muitos por esta a seguem
Caminhando agora nesta
Eu passo a seguir
A procura de mais amor;
Mais esperanças

E... Deve ter uma saída
Vejo abutres próximos
A uma ribanceira
Outros em círculos
Revoando céu acima
Quem sabe observando alguma
Carne avançada em cancro.
Isso é triste... Triste!

Eu insisto.
Deve ter alguma saída...
Quero mais amor
Queremos amar.
Vou seguindo rumo desconhecido
A desta estrada em busca da causa
Vou à esperança, vou amando,
Querendo e quando as encontrar...
Eu as porei na minha boca
As inúmeras risadas que em um só dia se foram
O amor eu as espalharei ao ar
Para que caia sobre as inúmeras
Almas frigidas
s que não sabem amar
Aos que não se amam.
Vou seguindo...

Sinto alguma alegria porque lá atrás
Sei que deixei um número expressivo
De românticos
Os amantes do universo;
A mulher que eu amo

Espero um dia voltar mesmo chorando...
Aos que me esperam
Aos que amam