Classificados

A Lua Olha Por Mim

Play

Hoje comprei o jornal
Compro-o todos os dias
Não para ler nem para eu estar informado
É um vicio que detenho
E que tal tenho
Como um fado

Depois sentei-me no café
Na mesa do costume
E ao empregado de sempre
Pedi o habitual
Um café e uma água mineral

Passei os olhos pelo jornal
Tomei un golo do meu café
E num gesto decidido pus-me d pé
Não tinha pressa nenhuma
Ninguém ficava a minha espera
Deixei na mesa algum trocado
E arrumei a cadeira
Sai então pra rua
E fui pra casa de autocarro
Desci na primeira paragem
Para acender mais um cigarro
Falei com toda a gente
Ouvi vários testemunhos
Tomei os meus apontamentos
E escrevi uns gatafunhos
Horas mais tardes, passeios
Vão-se despindo de gente
E uma luz pálida e serena
Deixa a cidade doente
Cai finalmente a noite
E um silêncio sem fim
Pouso a cabeça no travisseiro

A lua olha por mim

A lua olha

A lua olha

A lua olha por mim

A lua olha

A lua olha

A lua olha por mim