Clarim Diário

Castelos e Princesas

Play

É hora de apagar estrelas
E ver o que sobrou
É hora de botar café na mesa
E tomar um pouco de atenção
É hora de montar estrelas
A nossa própria constelação
Já tá na hora de criar certezas
E ter a sorte como opinião

De castelos e princesas
Talvez o corte de um coração
Já tá na hora de mover planetas
E recriar a nossa solidão

São tantos fatos que estão surgindo
São novas formas de tentação
São velhos sábios que estão sorrindo
Abrindo as portas na escuridão

Será que há lugar pra mim nesse lugar?