Chrigor

Revisão de Conceito

Já faz tempo que você
Tá me olhando diferente
Com cabelo de henê
Alisado ao pente quente

Você me desafiou
Tudo em nome da paixão
E se eu sair do samba
Vai me dar teu coração

Acontece que eu nasci
Dentro do partido alto
Sou produto lá do morro
Tiro onda no asfalto

Acho que esse teu conceito
Precisa de revisão
Se quiser ficar comigo mulher
Bate na palma da mão

É na palma, é na palma da mão
Assim que tem que ser
É na palma, é na palma da mão
Mas bate pra valer

Não sabe o sufoco que passo
No samba refaço a forma de viver
Se dou um vacilo um abraço
Tem gente que agente ainda tem que manter

Por isso eu me viro
Versando eu me inspiro
E até me admiro você não ter fé
Respeita malandro
Porque no partido eu não sou um qualquer

Veja só esse improviso
Sério e bem preciso lançado no ar
Não é pra quem quer é pra quem pode
Chegar no pagode e entrar pra versar
É por isso que esse samba tem Chrigor, Prateado e Arlindo Cruz
Agradeço a Deus o momento
Seja abençoado em nome de Jesus
É na palma da mão que conduz...

É na palma, é na palma da mão
Assim que tem que ser
É na palma, é na palma da mão
Mas bate pra valer

Vem que eu trago o leite trago o pão
Minha preta por favor você tem que entender na palma....
E não vem brigar comigo
Deixa o dia amanhecer ô nega
Esse samba que é de improviso
Que é sério, que é siso assim que tem que ser, na palma...

Juro eu estava dando um duro
Buscando um futuro melhor de viver, na palma
não interessa o meu argumento
Eu quero ouvir agora de você, na palma...

Play