Chiquito e Bordoneio

Mandando Lenha

Se eu tô querendo esfolar a micharia
Seja de noite ou de dia, não importa o lugar
Pelos rodeios, barracas e acampamentos
Faça chuva ou faça vento, a minha gaita vou tocar

O meu Rio Grande, com meu toque está contente
Conquistando tanta gente, gente de todo lugar
A gaita véia se embodoca num floreio
Quase parto ela no meio, mas não paro se esfolar

E vamo lá, pode vim deixa que venha
Meu negócio e mandar lenha até o dia clarear
Num trancão véio desses de levantar poeira
No balanço da vanera, todo mundo sai dançar

Com esse toque no estilo galponeiro
já formei muito entreveiro e o Rio Grande me adotou
Sou um gaiteiro que preserva a verdade
Essa tal de falsidade, no meu peito não brotou

Play