Chico Rey e Paraná

Mergulhado Na Saudade

Tão distante de você eu sofro tanto agora
Sua auxência é uma tortura que me fere toda hora
O coração em pedaços chora aqui dentro do peito
Para viver sem você ele prefere morrer, pois lhe quer de qualquer geito.

REFRÃO

Mergulhado na saudade, na dor da infelicidade pela sua piedade eu clamo!
Volte não demore mais venha devolver minha paz, amor não aguento mais eu te amo

Quando vai fidando a tarde que desce o manto da noite
O chicote da paixão aumenta mais seus assoites
As recordações torturão a minha mente cançada, mais uma ves posso ver que a vida sem você realmente não é nada

Play