Chico Rey e Paraná

Feliz Feito Uma Besta

É hora de tomar café
E eu aqui pensando o que fazer da vida
Olhando a porta aberta
E não achando uma saída

Eu acho que bebi seus olhos
Que comi seus lábios feito água e pão
Eu que um dia fui feliz e agora estou
De guerra com a solidão

Fui feliz pelo meu carro
Pela roupa nova que a mamãe me deu
Fui feliz por ter desvirginado
Seu sorriso com um sorriso meu

Fui feliz por ter te amado
Por ter possuído tudo que era seu
Fui feliz feito uma besta
Agora tô sozinho, você me esqueceu

É hora de ir pro trabalho
Enfrentar a fera, aquele meu patrão
Ele sabe do meu caso
Mas feito Pilatos lavou suas mãos

Ah, meu Deus aquela moça
Não sabe o estrago que ela me fez
Se ela não aparecer eu morro de saudade
Dentro de um mês

Play