Chico Rey e Paraná

Em Frente Ao Portão

Alô..
Sou eu de novo,
tô seguindo coração venho ti pedi perdão
eu tô sofrendo
amor
quero outra chance, eu estou arrependido estou
perdido
e até aonde bebendo
te prometo nunca mais te maguar nem quero mais te ver
chorar
nem machucar seu coração
foi um cíumes essa minha inseguranca que pois tudo na
balança o quanto pesa uma paixão

Me queira de volta releva perdoa
me leva na boa não vou mais errar
tô num celular bem enfrente ao portão
tô morrendo paixão querendo te amar
é tarde da noite tá frio aqui fora
meu corpo te adora me deixa fala
faz as paizes comigo vai logo me chama sou eu quem te
ama me deixa entrar...

Play