Chico Rey e Paraná

Coisas de Amante

Nunca antes houve amor igual, Deus que loucura
Uma noite inteira em seus braços com muita paixão
Como eu te amei menina, dizia o mesmo pra mim
No banco do carro tivemos a noite mais feliz.

Até o céu parou para nos ver ali
Molhados de suor, coisas de amante,
A lua sobre nós e sua voz murmúrios, doces de prazer
Será pra sempre amor, pra sempre eu de você.

Nunca antes houve amor igual, Deus que loucura
Um homem, um carro, uma mulher sem nenhuma censura
Trazia em seus braços a música, tema de amor e emoção
Bailou meu corpo inteiro, suor, prazer e paixão.

Play