Chico Rey e Paraná

A serpente e a maça

Você faz o meu sangue ferver transbordando nas veias
Você molha a boca me chama e depois me encendeia
Você tem mil segredos na mesa
Você tem mil mistérios na cama
Como fera me prende entre as garras
me devora e me ama

Você tem o prazer e poder de dizer
vem menino
Você tem bem na palma das mãos o meu frágil destino
Você tem a medida exata que eu preciso em uma mulher
Se excedendo na base
me mata de amor quando quer

Você é desejo
é fome de beijo
é paixão
É luz que reluz entre os meus olhos
clareando o meu coração
Você é o vinho
É ceia de frutas na manhã
É cálice na Bento ternura
É a Serpente me dando a Maçã

Play