Chico Lobo

Menino de Braçanã(com Vozes das Gerais)

É tarde, já vou indo
Preciso ir embora, até amanhã
Mamãe, quando eu saí, disse:
"Meu filho, não demore em Braçanã"
Se eu demoro mamãezinha
Tá a me esperar
Pra me castigar
Tá doido moço, não faço isso não
Vou-me embora, vou sem medo
Dessa escuridão
Quem anda com Deus,
Não tem medo de assombração
E eu ando com Jesus Cristo
No meu Coração

Play