Cascatinha e Inhana

Tu hás de sorrir

Não, tu não deves chorar
Porque eu vou partir
Não, tu não deves deixar
O teu pranto cair
Não posso de minha atitude
Dar-te explicação
Prá não ser ainda mais rude
Ao teu coração
Deixa o tempo seguir
E tu verás depois
Que era preciso eu partir
Para o bem de nós dois.

Quando amanhã o novo sol
Em tua vida surgir
Te abonando de amor
E de tanto sorrir
Tu hás de sentir desta vida
A graça sem fim
Tu hás de sorrir ao lembrar
Que choraste por mim.

Play