Cascatinha e Inhana

Rede de Taboa

Quando a noite é de garoa
Numa rede de taboa
Balançando rente ao chão
Sob a luz do candieiro
Um caboclo violeiro
Canta a sua inspiração.

E quem ouve o seresteiro
ai,ai,ai
Tem vonta'de perguntar
Se um rancho de coqueiro
Chega bem prá dois morar.

Quando desabafa o peito
Sinto até bater sem jeito
O meu pobre coração
Porque a sua melodia
É o Brasil em sinfonia
Bem no meio do sertão.

E quem ouve o seresteiro
ai, ai, ai
Tem vonta'de pergunatar
Se um rancho de coqueiro
Chega bem prá dois morar.

Play