Cascatinha e Inhana

Capital da Terra Branca

Vou pra Bauru
Rever minha terra onde me criei;
Oh! cidade bela,
De ti jamais esquecerei.
Terra da fartura
E gente de boa de distinção
Aceite um abraço
De quem por ti tem adoração.

Dentro do meu peito
Ainda vive a recordação
Cheio de saudades
Daquelas noites de São João
Quando eu te deixei
Eu senti na alma uma dor febril
Por deixar tão longe
O torrão paulista do meu Brasil.

Play