Cascatinha e Inhana

A minha canção de amor

Eu vim de longe, bem de longe, prá te vê
Eu vim cantando para as mágoas desfazê
Subindo serros sem pensar no padecê
Tava pensando nos zoinho de vancê.
Linda morena deve de areconhecê
O sacrificio que eu acabo de fazê
Do meu ranchinho eu saí no amanhecê
Só chego agora que já está prá anoitecê.

Oh, beleza!
Que morena tão serena
Perfumada, delicada como a flor!
Tem a boca tão pequena, que envenena
Toda feita de carinhos para o amor.

Play