Carlos Galhardo

Sorrir

Sorrir, podes rir
Eu jamais quero ver-te a sofrer
Sorrir, podes rir
Não importa o meu padecer
Podes rir sou feliz em te querer
Teu sorriso consola o meu triste viver

Ris de mim de prazer
Sou feliz podes crer
O destino assim quis
Eu sou bem feliz
Em te ver feliz

Tens prazer em zombares
De quem vive a penar
Desconhece um amor
Por isto sorris desta minha dor

Play