Carlos Galhardo

Perfume de Mulher Bonita

Não existe, não
Um aroma assim, tão doce
Nem, que em um jardim
Procurá-lo, enfim
Eu fosse
É um olor sutil
Que de flores mil
Se exala
Filtro de ilusão
Que de uma paixão
Nos fala

Perfume de mulher bonita
Tu me vens recordar um amor
Em ti meu coração palpita
Num sonho risonho
Perfume de mulher bonita
Já gozei, certa vez, seu frescor
Se um dia ela voltar
De novo hás de vibrar
Nas minhas noites de luar.

Play