Carlos Galhardo

Orgulho

Não se repetirão
Os dias de amargura que por ti chorei
Não se repetirão as noites de vigília
Que por ti passei

Jamais terás noticia
Que na minha vida um outro amor passou
Jamais terás noticia
Que depois de ti alguém me escravizou

Não julgues teu amor
O mais profundo amor
Que eu encontrei na vida

Por esse amor faltar
Não deixarei curvar
A minha fronte erguida

Nem que meu coração
Reclame a solidão
Eu hei de suportar

Nem que a saudade obrigue
Deus que me castigue
Se eu te procurar

Play