Carlos Galhardo

Lisboa Antiga

Lisboa velha cidade
Cheia de encanto e beleza
Sempre formosa a sorrir
E ao vestir, sempre airosa
O branco véu da saudade
Cobre o teu rosto, linda princesa

Olhai senhores
Esta Lisboa de outras eras
Os cinco reis, das esferas
E das toiradas, reais
Das festas
Das seculares procissões
Dos populares pregões matinais
Que já não voltam mais.

Play