Carlos Galhardo

Favela

No carnaval me lembro tanto da favela, ô
Onde ela, ô morava
Tudo o que eu tinha era
Uma esteira e uma chinela, ô
Mas ela, ô gostava

Por isso eu ando pelas ruas da cidade
Vendo que a felicidade
Foi a vida que passou

E da favela, que era minha
E era dela,
Só deixou muita saudade
Porque o resto ela levou

Me lembro tanto do café numa tigela, ô
Que ela, ô me dava
E de umas rezas
Que por mim,
Lá na capela, ô
Só ela rezava

No num outro dia,
Eu fui lá em cima na favela, ô
E ela, ô, não estava
Onde era a casa
só achei uma chinela, ô
Que ela ,ô usava

E da favela, que era minha
E era dela,
Só deixou muita saudade
Porque o resto ela levou

Play