Carlos Galhardo

Devolve

Mandaste as velhas cartas comovidas
Que na febre do amor,
Te enviei,
Mandaste o que ficou de duas vidas,
O romance... e uma dor,
Que eu provei.
Mandaste tudo, porém,
Falta o melhor que eu te dei.

Devolve
Toda a tranqüilidade,
Toda a felicidade
Que eu te dei e que perdi,
Devolve
Todos os sonhos loucos,
Que eu construí aos poucos,
E te ofereci.
Devolve,
Eu peço por favor,
Aquele imenso amor,
Que nos teus braços esqueci,
Devolve,
E eu te devolvo ainda,
Esta saudade infinda,
Que eu tenho de ti.

Play