Carlos Galhardo

Concerto de Outono

Olhando as folhas mortas
Sopradas pelo vento
Eu sinto o frio da solidão
Nas nuvens tão escuras
Se espelha meu tormento
Não tem mais luz
Meu pensamento

Eu sinto então vibrando
No céu sem claridade
A melodia que me trás a ilusão
Do início de um concerto
Dizendo ao coração
O outono está voltando
Quem amo, não

Play