Carlos Galhardo

Cabocla

Cabocla seu olhar
Está dizendo
Que voce está me querendo
Que você gosta de mim

Cabocla, nao lhe dou meu coraçâo.
Voce hoje me quer muito
Amanhã nao quer mais não

Nao creio mais em amor nem amizade
Vivo só para a saudade
Que o passado me deixou

A vida para mim não vale nada
Desde o dia em que a malvada
O coraçao me estraçalhou

As vezes pela estrada enluarada
Julgo ouvir uma toada
Que ela para mim cantava

Quando eu era feliz e não pensava
Que a desgraça em minha porta
Passo a passo me rondava

Depois que ela partiu eu fiquei triste
Nada mais pra mim existe
Vivo no mundo a penar

E quando eu penso nela, ó grande Deus
Eu sinto dos olhos meus
Triste lagrima rolar.

Play