Carlos Galhardo

A Devota e o Pecador

Ela vai todo santo dia
Linda filha de Maria
Fortalecer sua crença
Ela é santa e eu pecador
Mas cego por seu amor
Eu nem vejo a diferença
Para que ela me veja
Fico na porta da igreja
A qualquer hora do dia
Se é pecado a Deus
Eu peço perdão
Mas ao vê-la em compreensão
Invejo a Virgem Maria
Mãos postas de olhar sereno
Ela fita o Nazareno
E eu sinto no meu desejo
Quando ela beija contrita
As contas da sua fita
Na minha boca seu beijo
Se ela perguntar um dia
A Virgem Santa Maria
Se o meu amor lhe convém
Se a Virgem disser que sim
Serei até ver meu fim
Um mariano também

Play