Carlos Cezar e Cristiano

Que Será, Será

Quando eu era pequenino eu perguntava quando crescer
Serei eu pobre ou muito rico e eu ouvia assim
Que será, será, aquilo que for será
O futuro não se vê, que será, que será.
O que for será

Quando cresci me apaixonei
E quis saber do meu amor
Se para sempre me amaria e ela me respondeu

Hoje eu vivo o dia a dia
Dos bons momentos vou desfrutar
Se estou alegre ou muito triste nada vai regular

Play