Carlos Cezar e Cristiano

Os Cowboys Andarilhos

Sou a vida que se conta na canção
Que você gosta de ouvir
Canto sempre o dia a dia do sertão
Enquanto ele existir

Eu sou cowboy, sou cowboy andarilho
Que te acompanha em qualquer lugar
Sou vai e vem, sou carreiro, um expresso boiadeiro
Filho do caminhoneiro, um errante forasteiro

Sei que um dia eu terei que caminhar
Por estradas que não vejo
Na certeza que a lembrança vai ficar
Este artista sertanejo

Eu sou cowboy, sou cowboy andarilho
Que para sempre vai te acompanhar
no vai e vem do carreiro, no expresso boiadeiro
Filho do caminhoneiro, um errante forasteiro

Play